bíblia on-line

Culto do Marc de abril irá celebrar o Dia da Dança no MBICA Sede


O dia 29 de abril é celebrado mundialmente como o Dia Internacional da Dança. E o Ministério de Artes do Caminho (MARC) não poderia deixar de celebrar essa data tão importante para os bailarinos e bailarinas do MBICA. E no próximo domingo (29), o Culto do MARC do mês de abril será marcado com uma grande festa, às 18h30, no MBICA Sede.

Com o tema “História da Dança através da Bíblia” o MARC irá trazer uma ministração marcante, relembrando os momentos em que os grandes feitos do Senhor foram celebrados pelo povo de Israel na Bíblia com música e dança. Além disso, o Culto terá uma pregação especial da Bispa Lorena Brandão.

Será uma noite de grandes histórias, de louvor e adoração a Deus, e de celebração ao Senhor Jesus.

Em 20 anos de existência, o Ministério de Artes do Caminho acumula incontáveis testemunhos de vidas tocadas, curadas e salvas pelo poder do nome e do sangue de Jesus através das suas ministrações de dança e teatro.

Confira abaixo um desses depoimentos:

Eu vinha tentando engravidar e não conseguia, e a minha médica já tinha me dito que eu só engravidaria com coito programado e inseminação artificial. Sofria muito com isso, e eu já tinha até programado o início do tratamento para o dia 7 de outubro de 2011, mas no dia 05 daquele mesmo mês, na Festa dos Tabernáculos, o Senhor me mandou vários recadinhos já me preparando para a bênção que Ele tinha para a minha vida:

  1. Eu tenho uma sobrinha que já dançava no MARC, e que eu crio. Em uma dança que ela participou, ela dançava com um boneco. E durante a dança dela o Senhor me disse que me daria um presente.
  2. Neste mesmo ano eu estava participando da dança dos obreiros, e uma irmã me disse que eu estava grávida. Porém faziam dois meses que eu havia sido operada de um caroço, e ainda estava com os pontos. Não acreditei. Cheguei a dizer: ‘porque Deus está me enganando!?’. Ela inclusive me disse que quando terminasse a dança eu deveria dizer a todos que eu estava grávida, mas a minha fé foi pequena e eu não disse, pois não tive coragem, já que todos sabiam que eu não podia ter filhos.
  3. Quando acabou a dança dos obreiros, encontrei o Bispo Átila Brandão no corredor e ele me chamou e perguntou com um vozeirão: ‘você está grávida?’. E eu disse que sim. Então ele me disse que a criança nasceria dali há 9 meses exatos, e que viria para mim como presente. E ele insistiu: ‘Nem um dia a mais, nem um dia a menos, irmã’. Ele ainda disse que seria uma pedra preciosa (menina), por isso coloquei o nome de Safira.

Isso foi no dia 05 de outubro de 2011. Fiz exame dia 12 e deu exatos 7 dias de gestação. A minha filha nasceu no dia 05 de julho de 2012 (nem 1 dia a mais, nem um dia a menos, como o Bispo havia profetizado). E com um detalhe: ele disse que viria como presente, e ela nasceu no dia do meu aniversário!

A Obreira Rosa, que era a professora da dança dos obreiros na época, vinha orando junto com o marido dela para que eu engravidasse, mas eu não acreditava de jeito nenhum. Eu lembro que naquele mesmo dia, antes do Senhor falar comigo, eu havia chorado sozinha, num cantinho na Igreja, conformada por ser tia.

Eu engravidei estando com o útero colado de 3 meses, a médica disse que poderia ter um aborto, que meu útero não suportaria. Seria uma gestação delicada e os pontos podiam abrir a qualquer hora. Mas eu nunca senti nada, nadinha do que as grávidas sentem. Safira nasceu super saudável. E o Bispo disse que ela viria para confundir os sábios dessa terra, e assim tem sido. Eu ganhei o maior amor de minha vida nesse ministério. Hoje, minha filha também faz parte do MARC”.

Vamos celebrar aquele que transformou o nosso pranto em Dança, a dança que cura, restaura e transforma nossas vidas. Esperamos todos vocês!


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *