bíblia on-line

Ações e orações em prol da Igreja perseguida marcaram o DIP 2018 no MBICA Sede


Um dia de clamor pela Igreja de Cristo perseguida ao redor do mundo. Assim foi a edição 2018 do Domingo da Igreja Perseguida (DIP) no MBICA Sede no último domingo (27). O evento, realizado mundialmente pelo Ministério Portas Abertas, teve como tema deste ano “Índia: perseguidos, mas não abandonados”.

Apoiado pelo Ministério de Jovens do Caminho, o DIP 2018 contou com uma programação especial nos Cultos EBD I (7h) e EBD II (10h), e stands de informações e doações durante todo o dia em frente ao Templo Principal da Igreja. Na ocasião, o Obreiro Lizando Neri, membro dos Jovens do Caminho e apoiador do DIP, falou à Igreja explicando o que é o evento e a importância dele para os cristãos que sofrem perseguição ao redor do mundo.

“Talvez a gente nunca vá a um desses países onde a Igreja é perseguida, mas a nossa oração vai”, disse Lizandro, exortando os irmãos acerca do poder da oração.  Lizandro ainda aproveitou a oportunidade para exibir vídeos sobre o Portas Abertas e o DIP, e ainda sobre a situação dos cristãos na Índia, país tema deste ano.

Em outro momento do Culto, o jovem Leonardo Soares, que também é membro dos Jovens do Caminho,explicou para os irmãos presentes o que é o hinduísmo – religião politeísta seguida pela maioria os indianos – e como os cristãos são oprimidos e isolados socialmente no país, simplesmente por seguirem a Cristo e por rejeitarem o sistema social de castas, adotado na Índia.

Leonardo ainda falou sobre a necessidade da evangelização no país, e sobretudo a necessidade de oração e apoio aos cristãos e missionários naquele lugar. “Precisamos clamar a Deus pela provisão e proteção física, emocional, espiritual, dos nossos irmãos na Índia, para que eles perseverem na fé e suportem a aflição. Orar pelos governantes e perseguidores, pelos radicais hinduístas, para que o Senhor se revele a eles também. E principalmente, precisamos clamar para que o Senhor levante mais cristãos, mais missionários, por mais conversões, para que a Igreja de Cristo seja edificada naquele lugar”, disse Leonardo Soares, lembrando ainda que muitas vezes faltam recursos básicos como água e comida para os cristãos na Índia e que precisamos ajudar financeiramente também. “

“Precisamos orar, ajudar financeiramente, enviar cartas com palavras de encorajamento, para que eles saibam que estão sendo perseguidos mas não estão estão sós, porque somos uma família”, finalizou o jovem.

CONFIRA A GALERIA

O evento ainda contou com apresentações de dança e teatro, retratando a situação das Igrejas Perseguidas pelo mundo, louvores cantando o salmo 70 – da mesma forma que os irmãos perseguidos fazem para memorizarem a Palavra – e ministrações da Palavra de Deus com o Pastor Rony Lima, líder do ministério de jovens, no Culto EBD I, e com o Bispo Aldemi Alves no Culto EBD II, encerrando as atividades.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *